Tirinhas Do Grilo: Motörhead

Tirinhas Do Grilo: Motörhead

Acho que dispensa comentários neah??!!

MOTÖRHEAD é uma banda britânica liderada pelo lendário baixista/vocalista Ian Kilmister, mais conhecido como “Lemmy”, ex-integrante da banda HAWKWIND e único membro fixo desde o início. Geralmente, é classificada como heavy metal (embora tenha influências do punk rock e, consequentemente, ajudado a criar o speed metal e o thrash metal), mas Lemmy costuma dizer: “as pessoas não podem ver uma banda de cabeludos que já vão logo dizendo que é metal. Somos apenas uma banda de rock and roll”. E só para esclarecer: o trema no nome da banda, de acordo com Lemmy, não altera em nada a pronúncia. Ele apenas está lá porque é legal. Outra banda que o utiliza da mesma maneira é o BLUE ÖYSTER CULT.

 

 

Originalmente, a música “Motorhead” havia sido escrita por Lemmy para a sua antiga banda HAWKWIND, mas ao sair, ele a utilizou para batizar a sua nova banda e a colocou como faixa de abertura do disco de estreia. Portanto, se alguém lhe perguntar se você já ouviu a música “Motorhead”, do álbum “Motörhead”, da banda MOTÖRHEAD, não se confunda.

Em 1979, o MOTÖRHEAD lança seu 3º disco, “Bomber”, cujo título se refere aos aviões bombardeiros da força aérea. Inclusive, um espetacular equipamento de iluminação em forma de avião bombardeiro era utilizado nos shows dessa turnê. Durante as gravações, o produtor Jimmy Miller estava fazendo coisas muito “úteis” e “produtivas”, como encher o “rabo” de heroína e ser encontrado estirado na sarjeta, dormindo sob as rodas de seu carro. Ironicamente, a música “Dead Men Tell No Tales”, que abre o disco, tem uma letra anti-heroína.

“Ace of Spades” (tradução: “Ás de Espadas”) é o quarto álbum oficial de estúdio, lançado em 1980 e contendo o maior clássico da banda, a faixa-título. Foi o primeiro trabalho com o produtor Vic Maile, bastante elogiado pelos músicos. Lemmy inclusive disse: “Ele conseguiu me captar cantando ao invés de apenas gritando o tempo todo”. Se é que isso faz alguma diferença em se tratando do MOTÖRHEAD. De qualquer forma, o disco fez muito sucesso e, a partir dele, a sonoridade do grupo começa a ficar mais consistente e definida.

Em 1984, o MOTÖRHEAD lança uma coletânea intitulada “No Remorse”, contendo 4 faixas inéditas gravadas pela nova formação (Lemmy, Würzel, Phil Campbell e Pete Gill). Em 1986, é lançado o primeiro álbum de estúdio gravado inteiramente por estes músicos: o excelente “Orgasmatron”. Foi o primeiro e único a contar com Pete Gill, visto que Philthy Animal retornaria no próximo trabalho. O título, que a princípio seria “Ridin’ With the Driver”, foi mudado para “Orgasmatron”, mas já era tarde demais para Joe Petagno mudar o desenho da capa, que combinava mais com o primeiro.

“March ör Die” é o décimo álbum de estúdio, lançado em 1992, contando com a participação de três bateristas: Philthy Animal, que gravou a balada “I Ain’t No Nice Guy” (com a participação de OZZY OSBOURNE nos vocais e SLASH na guitarra) e saiu da banda logo em seguida, pois não deu conta de tocar o restante das músicas. Mikkey Dee (ex-KING DIAMOND e DON DOKKEN) gravou o single “Hellraiser” e futuramente se tornaria um membro definitivo do MOTÖRHEAD. O restante das faixas foram gravadas pelo veterano Tommy Aldridge, que já havia tocado com BLACK OAK ARKANSAS, OZZY OSBOURNE, WHITESNAKE e outros.

O décimo terceiro disco de estúdio, “Overnight Sensation”, lançado em 1996, marca o retorno da banda à formação de power trio, consequência da saída de Würzel no ano anterior. Mas isso não abala a estrutura do grupo, pois o guitarrista remanescente Phil Campbell se mostra extremamente eficiente e o MOTÖRHEAD não perde em nada na sua sonoridade. O diálogo retratado na tirinha é real e ocorreu quando Lemmy foi questionado em uma entrevista sobre como seria a sensação de voltar a tocar em um trio. Um gênio!

“Inferno” é o décimo sétimo álbum do MOTÖRHEAD, lançado em 2004. Seu título resume bem onde o ouvinte se sente ao escutá-lo: um rock and roll sem frescuras com o peso do heavy metal e até mesmo uma faixa acústica, “Whorehouse Blues”, na qual o baterista Mikkey Dee toca violão.

 

Fonte: http://rocktrucker.blogspot.com/

Anúncios

~ por mongolbanger em 02/03/2011.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: